Score de crédito: 7 dicas para aumentar a pontuação do seu CNPJ

24 de Outubro de 2021
como aumentar score
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Ter acesso a crédito e portas abertas em instituições financeiras para conseguir empréstimos, cartão de crédito ou outros benefícios financeiros é fundamental nos dias de hoje para qualquer pessoa, principalmente para quem empreende.

Mas o que muitas pessoas não sabem é o quanto a pontuação do score de crédito pode influenciar na hora aprovação de crédito ou até mesmo para reduzir as taxas de juros cobradas.

Se você precisa saber como aumentar score e como melhorar o seu perfil financeiro e da sua empresa, continue a leitura e conheça 6 dicas práticas!

Finalmente, uma conta PJ feita para quem empreende

Descomplicada, sem taxas abusivas, sem burocracia e com  atendimento ágil pelo aplicativo. 

O que é Score de crédito

Score de crédito é um sistema de pontuação utilizado para indicar o perfil financeiro de empresas e consumidores. O indicador vai de 0 a 1000 e contabiliza pontos de acordo com a capacidade da pessoa física ou jurídica pagar as suas contas em dia.

Quanto mais próxima de zero, maiores são as chances de uma pessoa atrasar ou não realizar um pagamento. Da mesma forma, pontuações mais próximas de mil indicam um perfil de bom pagador.

Esse processo é feito a partir da análise dos hábitos financeiros, como dívidas em aberto, contas pagas em atraso, busca constante por crédito, além da base de dados do Cadastro Positivo. Ou seja, podem afetar essa pontuação os pagamentos de contas em dia, o histórico de dívidas negativadas e o relacionamento financeiro dos consumidores com as empresas.

O score é utilizado por instituições financeiras para avaliar os riscos de conceder aos clientes produtos de crédito, que podem ser em formato de cartão, empréstimo ou financiamento. Atualmente, o Banco Central autoriza algumas empresas a fazerem a análise de dados dos cidadãos. São elas: Serasa Experian, Boa Vista SCPC, SPC Brasil e Quod.

Para que serve a pontuação de crédito?

No geral, quanto mais alto o score de crédito de uma pessoa, maior é a probabilidade de ela pagar suas contas em dia nos próximos 12 meses. E quando se tem um score baixo, a situação é contrária. 

Por conta dessa lógica, muitas empresas usam a pontuação como uma informação adicional no momento de conceder ou não acesso a linhas de crédito aos seus clientes. Há também a possibilidade de usar essas informações para compor políticas de crédito específicas.

Leia também | Conta empresarial: o que você precisa saber sobre uma conta bancária só para negócios

Como funciona o score?

A pontuação do score de crédito varia entre 0 e 1000 pontos. Essa pontuação é definida de acordo com um estudo do comportamento de pessoas não identificadas e com características parecidas. 

Assim, com base no resultado desse estudo, é possível entender como o consumidor irá se comportar diante uma tomada de crédito.

Os riscos de inadimplência são divididos em três níveis de pontuação diferentes:

  • Alto risco: até 300 pontos
  • Médio risco: entre 300 e 700 pontos
  • Baixo risco: acima de 700 pontos

Como consultar o score CNPJ?

Consultar o score de crédito é muito simples. Primeiro, é necessário escolher a empresa habilitada para fazer essa análise e realizar o cadastro em seus canais oficiais.

A Serasa, por exemplo, tem acesso a uma base de dados bastante extensa e é uma das empresas mais buscadas na hora de consultar a pontuação do CPF ou CNPJ.

A consulta é gratuita e ainda é possível verificar se existe algumas dívida aberta em seu nome.

Confira o passo a passo para fazer a consulta:

  • Acesse o site da Serasa Experian
  • Insira o CPF ou CNPJ e depois preencha o cadastro com o seu nome, data de nascimento e os demais dados solicitados.
  • Após a etapa de cadastro, você receberá um código para a validação , em seguida precisará registrar uma senha.

Quais empresas avaliam o score de crédito?

Empresas que oferecem crédito aos consumidores em geral têm em suas políticas a consulta recorrente do score de crédito. Elas são de diversos ramos, como redes de lojas, empresas de telefonia, de TV a cabo, comércio, bancos, financeiras e prestadores de serviços em geral. 

Leia também | Empréstimo Empresarial: como e quando optar por um?

7 dicas para aumentar o score de Crédito

Monitorar a pontuação e realizar algumas boas práticas são algumas das dicas para aumentar o score de crédito. No entanto, antes de qualquer coisa, é importante você saber que mudanças de comportamento serão necessárias para garantir uma boa pontuação. Confira algumas dicas:

1. Nome limpo 

Ter o nome limpo é o quesito número um para se ter um score de crédito alto. Se você tem dívidas em atraso, a primeira missão é procurar seus credores e quitá-las o quanto antes. Lembre-se que esta deve ser a sua prioridade.

Estar em dia com todos os seus débitos é essencial para mudar o jeito que o mercado analisa o seu perfil financeiro. Para te ajudar nisso, algumas empresas fazem a intermediação entre credores e devedores em Feirões, como o Serasa Limpa Nome, por exemplo. Os descontos são altos e as facilidades de pagamento bem atrativas. Vale a pena ficar de olho nessas ofertas.

2. Mantenha seus dados atualizados

Com o nome limpo, atualize também seus dados. Seja de renda, de endereço, estado civil… Deixar suas informações pessoais e da empresa atualizadas oferece ainda mais credibilidade às empresas que consultarem seu comportamento de crédito.

3. Pague suas contas sempre em dia

Agora que você está com o nome limpo na praça, cuidado com possíveis deslizes. Seu score de crédito ainda está em crescente e passa por análises recorrentes. Para isso, se organize para pagar contas de consumo, parcelas de empréstimos, financiamentos e faturas dos cartões de crédito no prazo.

Quando você não paga suas obrigações em dia, você pode ser negativado e a sua pontuação cai. E mesmo que você volte a pagar tudo em dia, lembre-se que a recuperação da pontuação não é imediata. 

Além disso, os pagamentos em dia são contabilizados automaticamente no Cadastro Positivo, um banco de dados de pessoas físicas e jurídicas. Trata-se de tipo de currículo financeiro utilizado para formação da nota de crédito e que permite a análise mais precisa de risco financeiro daquele cidadão.

4. Mude os hábitos ruins

Agora que você está com o nome limpo, pagando suas contas em dia e sua score de crédito aumentando, é hora de se preocupar mais com sua saúde financeira.

Mudar os hábitos ruins significa passar a cuidar para não atrasar pagamentos e entrar em um endividamento.  Ou seja, um planejamento financeiro é essencial para organizar as finanças e manter seu score em crescimento constante.

5. Evite buscas de crédito constantes

Quando você passa a buscar muito crédito, significa que o risco de você dever mais do que ganha é grande. Quanto mais prestações você tiver, maior a chance de não conseguir arcar com seus compromissos.

Sendo assim, quando os órgãos de proteção ao crédito detectam que você tem buscado crédito em muitos lugares, seu score automaticamente baixa. Essa é uma forma de evitar que você entre em uma bola de neve de endividamento.

6. Tenha histórico financeiro em seu nome ou da empresa

Ao contrário do que se pensa, não é um mau negócio ter contas cadastradas em seu CPF ou CNPJ. O ruim é não pagá-las em dia.

Quando você tem contas em seu nome e paga todas no prazo, o Cadastro Positivo entende que você tem honrado seus compromissos financeiros e, consequentemente, seu score aumenta. Ou seja, de nada adianta pagar todas as contas em dia se não é possível atribuir os pagamentos a você.

Além disso, é muito importante construir uma relação duradoura com a instituição financeira que você deseja solicitar crédito. Ao passo que você realiza transações e movimenta sua conta bancária, a empresa recebe mais dados, além do score de crédito, para montar o seu perfil de crédito.

7. Construa um bom relacionamento financeiro

É muito importante construir uma relação duradoura com a instituição financeira que você deseja solicitar crédito. Ao passo que você realiza transações e movimenta sua conta bancária, a empresa recebe mais dados, além do score de crédito, para montar o seu perfil de crédito.

A análise para o cartão de crédito Cora, por exemplo, considera o score de crédito e as transações realizadas dentro da conta Cora.

Existe algum truque para aumentar o Score de Crédito?

Depois de olhar essas dicas, provavelmente você deve estar pensando que o processo pode ser um pouco longo até que a sua pontuação alcance um nível alto. Mas, será que existe algum truque para aumentar o score rapidamente? A resposta para essa pergunta é não.

O score de crédito é reflexo do seu comportamento como pagador. E essa aqui é uma dica extra e talvez a mais importante de todas: desconfie de empresas que prometem aumentar o score em poucos meses.

Sua pontuação pode aumentar mais rápido do que você imagina, mas para isso é preciso organizar as finanças e mudar seus hábitos financeiros. Ok?

E se você acha que essas dicas também podem ajudar seus amigos a entenderem melhor sobre pontuação do score de crédito, envie esse texto para eles ou compartilhe nas suas redes sociais!

Por Equipe Cora

Junte-se a mais de 100.000 negócios e receba conteúdos para alavancar os resultados da sua empresa direto no seu email!

A Conta PJ gratuita e sem burocracia que o seu negócio merece.

Cadastre a sua empresa em menos de 10 minutos e abra uma conta PJ totalmente sem custos. Junte-se a mais de 100.000 empreendedores, economize tempo e dinheiro e foque no importa: no seu negócio.

5/5

“Excelente app, bem simples e entrega o que promete. Cobrança gratuita de boleto que reduziu bastante os custos na empresa” Guilherme Silva

Recebemos seus dados!

Enviamos um email de confirmação para você. Não esquece de checar a sua caixa de entrada depois! 

Se você quiser, você pode continuar a sua leitura agora.

Chegou o cartão de crédito PJ da Cora, exatamente do jeito que a gente gosta: com zero tarifas, sem burocracia e feito sob medida para o seu negócio

Título

Descrição