Empréstimo Empresarial: como e quando optar por um?

24 de Setembro de 2020
empréstimo empresarial

Optar por um empréstimo empresarial é uma grande decisão para qualquer empreendedor. Seja para tirar do papel aqueles planos de expansão, investir em maquinário, ou até no estoque do seu negócio, sabemos que o crédito pode ser uma excelente opção para levar a sua empresa para o próximo patamar. Por isso, hoje trazemos para você um guia para te ajudar a definir como e quando optar por um empréstimo empresarial.

Juntamos alguns pontos importantes abaixo, e incluímos uma lista sobre o que avaliar na hora de fazer esta decisão. Afinal, o empreendedor que realmente cuida do seu negócio é o que toma decisões bem informadas para evitar tropeços. Que tal dar uma lida, e entender melhor como decidir por um empréstimo para a sua empresa?

abrir conta Cora

Em que momento devo optar por um empréstimo empresarial?

A sua empresa pode ter uma necessidade de empréstimo em diversos momentos. No entanto, o mais indicado é que o empréstimo empresarial seja tomado e utilizado para momentos de investimento e expansão do negócio. 

Isso porque o dinheiro captado no financiamento tem um custo. O ideal é que ele seja usado para algo que te traga um retorno bom o suficiente para, além de fazer a empresa crescer, te dar espaço para quitar as parcelas com tranquilidade. 

Um exemplo comum de uso de crédito para investir no negócio é quando o empreendedor contrata um empréstimo empresarial para comprar um novo equipamento industrial. Nesse cenário, ao investir em um equipamento novo, você precisa entender quanto de retorno deve refletir no seu negócio.

Por exemplo, uma padaria pode comprar um forno industrial, e com ele produzir duas vezes mais o volume de pães por dia do que o normal. Para comprar este novo equipamento, o empreendedor pode contratar um empréstimo e fazer o investimento na sua padaria. Com a maior produção diária de pães, a padaria passa a também vender mais pães todos os dias, assim aumentando o faturamento do negócio.

Este aumento no faturamento é o que te ajudará a pagar as parcelas do empréstimo sem ter um impacto negativo no seu fluxo de caixa mensal. 

Leia também | O que é CET? Entenda os custos de um empréstimo

O que devo avaliar antes de tomar uma decisão?

Entenda o quanto você precisa – O empréstimo empresarial deve ser utilizado como uma ferramenta para investir no crescimento do seu negócio. Pegar um valor de crédito sem pensar e definir se é este valor mesmo que você precisa, pode gerar muitos problemas. 

Por um lado, se você pegar menos do que o necessário, pode ser que não consiga colocar os seus planos de investimento em ação e no final das contas não conseguir o resultado que busca. Por outro, tomar mais crédito do que precisa pode gerar um custo muito alto para a sua empresa, que pode acabar desfazendo todo o ganho do investimento. 

Para definir o quanto você precisa, considere algumas destas questões:

  • Em que área você vai focar o seu investimento? (Novo equipamento para aumentar a produtividade? Investimento em expansão do seu espaço? Novas contratações para aumentar o time de vendas? etc)
  • Qual o custo do seu plano de investimento? (Faça um exercício de orçamento, e calcule os seus custos e tributos para chegar a um valor que faça sentido)
  • Qual a ordem dos custos que você terá? (Considere se precisa de todo o valor no inicio, ou se pode esperar um pouco e contratar o empréstimo ao longo do projeto)

 

Confirme que valor de parcela cabe no seu orçamento – A contratação de um empréstimo para sua empresa vem com um pagamento mensal deste crédito. Por isso, você deve garantir que o valor da parcela cabe no seu bolso. Faça um planejamento financeiro, avalie o seu fluxo de caixa mensal, e defina o quanto você conseguirá pagar de parcela. 

Para entender o valor de parcela que você conseguirá pagar, avalie alguns dos pontos abaixo:

  • Qual o seu faturamento mensal?
  • No fim do mês, que valor de parcela encaixaria no seu orçamento?
  • Que prazo de empréstimo você precisaria para quitar o valor que necessita, com o valor de parcela que cabe no seu orçamento?

 

A simulação do empréstimo empresarial pode te dar uma boa noção de como os custos vão se refletir nos valores mensais das parcelas. 

Prepare os documentos – Um passo importante no processo de contratação de crédito é o envio de documentos. Estes ajudam a instituição financeira ou fintech a comprovar os dados da empresa e dos sócios, assim como verificar informações importantes como faturamento mensal. Por isso, ter os seus documentos organizados e em dia é essencial para não ficar preso na burocracia. 

Avalie se os documentos como os da lista abaixo, estão disponíveis e em dia:

  • Contrato social (com informações em dia sobre o capital social, sócios, e atividades da empresa);
  • Extrato bancário (você tem acesso a um extrato da conta PJ da empresa?);
  • Documentos dos sócios (por exemplo RG e comprovante de endereço).

 

Leia também | Linhas de crédito para pequenas empresas: compare e escolha a melhor

Um empréstimo digital pode ajudar a sua empresa

Hoje em dia, as opções e modalidade de crédito para empresas são diversas e para cada empresa a melhor solução pode ser diferente. Uma das opções mais rápidas e ágeis que existem é o crédito PJ com processo 100% digital. 

Muitos empreendedores optam por este caminho, por não ter a necessidade de ir a uma agência bancária e por não ter que submeter cópias físicas de documentos. Com um processo 100% digital, esta opção de crédito pode ser a menos burocrática e mais rápida para quem busca capital de giro.

Uma fintech especializada no crédito digital PJ é a BizCapital, que oferece um processo simples de solicitação e contratação de crédito para capital de giro para pequenas empresas. A Biz oferece empréstimos de até R$200 mil, e até 24 vezes. 

Este artigo foi escrito pela equipe da BizCapital.

 

Por Parceiro Cora