10 dicas de como atrair cliente para empresa de segurança

3 de Agosto de 2022
Profissional trabalhando como guarda e passando recado no rádio. Saiba como atrair cliente para empresa de segurança.

Saber como atrair cliente para empresa de segurança é um desafio grande, principalmente quando você está iniciando o empreendimento e precisa de bons clientes para conseguir manter as contas em dia.

Acontece que, muitas das vezes, quem decide empreender no ramo da segurança, não tem muita experiência com técnicas de marketing para conseguir desenvolver uma boa estratégia de aquisição de clientes. Por isso, esse começo tende a ser um pouco mais difícil, principalmente pelo fato de ainda não conhecer muito bem sobre o público.

Sendo assim, este conteúdo tem o objetivo de te ajudar a entender mais sobre essas técnicas e conseguir conquistar mais clientes interessados em contratar seu serviço e ajudar sua empresa a prosperar sempre.

Mercado de segurança

O medo da violência tem feito com que as pessoas sintam a necessidade de contratar serviços de segurança privada, seja para condomínios ou para empresas.

De acordo com os dados do Anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, publicado no segundo semestre de 2021, o mercado de segurança privada no Brasil faturou cerca de R$35,7 bilhões em 2020. 

Este dado reflete o quanto o país está preocupado com a segurança, além de demonstrar a possibilidade da sua empresa se beneficiar dessa receita conquistando os clientes de forma correta. 

Como atrair cliente para empresa de segurança

O faturamento apresentado acima ocorreu em meio à pandemia da Covid-19, confirmando que o setor não parou de crescer mesmo diante do isolamento social.

Isso significa que, sabendo como atrair cliente para empresa de segurança, é possível fazer a empresa crescer de forma sustentável. Por isso, confira 10 dias para fazer essa aquisição com sucesso.

1. Defina o segmento

Antes de mais nada, é preciso fazer uma análise de mercado e entender o segmento que sua empresa tem interesse em atender. O ideal aqui é, no começo da empresa, focar em nichos e pesquisar todas as informações sobre eles.

Essa atividade te permite conhecer as dores dos seus clientes e buscar formas de oferecer serviços numa estrutura que seja possível saná-las.

2. Faça sua marca conhecida

Aquela velha frase de que quem não é visto não é lembrado é real e você precisa tê-la como um mantra para conseguir levar sua marca ao maior número de pessoas possível.

Mostre-a aos seus amigos e utilize da mídia on e off-line. Afinal, quanto mais pessoas souberem da sua marca e da qualidade dos seus serviços, maior a chance de o boca a boca fazê-la chegar aos clientes certo.

3. Redes sociais

Seguindo essa ideia, as redes sociais são um importante canal para se estar. Mas não pense que apenas postar fotos é o suficiente, é preciso ir muito além, afinal, o instagram está cheio de perfis dos mais variados setores tentando atrair a atenção dos usuários.

Sendo assim, dedique-se a criar um conteúdo interessante e informativo, que agregue valor à sua marca e à vida dos seus possíveis clientes. Monte uma estratégia que permita metrificar o resultado das suas ações, incluindo periodicidade de postagens, entre outros.

4. Mídia paga

Acredite também na mídia paga para alcançar mais e mais pessoas. Isso significa utilizar os canais de anúncios da internet que permite segmentação de público e região a ser divulgada sua marca.

Aqui, é possível utilizar tanto o Google Adword, Google Display ou até os anúncios nas redes sociais, como Instagram, Facebook, Twitter e até o TikTok, que chegou recentemente, mas que já tem se tornado um excelente parceiro de divulgação de marcas, produtos e serviços.

5. SEO

As técnicas de Search Engine Optimization (Otimização de Mecanismos de Busca) estão diretamente ligadas aos resultados de pesquisas orgânicas no Google. Isso quer dizer que, construindo um planejamento de marketing de conteúdo bem feito, você pode aparecer nos primeiros resultados do google sem pagar nada por isso.

O Google é o maior buscador da atualidade e valoriza aquelas empresas que se dedicam a construir conteúdos interessantes para responder às pesquisas feitas pelos seus usuários.

6. Google Meu Negócio

Este é outro serviço gratuito do Google para ajudar principalmente as lojas físicas. Para isso, basta acessar o portal, criar sua conta e incluir o maior número de informações sobre sua empresa de segurança, como nome, endereço, telefone e serviços prestados.

A ideia é conseguir ser encontrado por aqueles que buscam por seus serviços e que estejam na região onde você consegue prestá-los.

7. Palestras e eventos

Aproveitar a oportunidade de falar em público, ou estar onde seu público vai, ajuda na disseminação da sua marca.

Por isso, participe de palestras e eventos, não só como ouvinte, mas também como patrocinador e palestrante. Faça isso e busque demonstrar todo o seu conhecimento sobre e área a fim de deixar claro que sua empresa é a mais capacitada para prestar aquele serviço.

8. MGM

Essa é a sigla para Member Get Member, estratégia muito conhecida no marketing onde usa o poder de atuais clientes na indicação de novos. Para isso, é preciso oferecer uma recompensa, como um presente ou, então, descontos no contrato – o que é mais comum.

Aqui, vale fazer um levantamento do quanto é possível oferecer de desconto e também qual o perfil do seu atual cliente para conseguir conquistar os amigos deles.

9. Inside Sales

Esta é uma estratégia comercial, onde sua equipe entra em contato com possíveis clientes – mapeados pela internet ou de outra forma – para apresentar os benefícios do seu negócio e o porquê essas empresas precisam do seu serviço.

Normalmente, essa lista de possíveis clientes, conhecidos como prospect, tem grandes chances de ser convertidas em novos clientes. Para isso, é preciso treinar bem sua equipe de vendedores.

10. Formalização da empresa

Apesar de parecer estranho esse último tópico, a formalização da empresa pode sim ajudar a atrair cliente para empresa de segurança.

Quando você foca em prestar serviço para empresas grandes, ou até mesmo condomínios, esses possíveis clientes precisam prestar contas dos serviços contratados e, consequentemente, vão precisar de nota fiscal, pedido de compra, boleto para pagamento, etc.

Acontece que, se você não tem sua empresa formalizada, com CNPJ ativo, não é possível oferecer essas necessidades básicas para eles.

Por isso, considere, inclusive, ter uma conta PJ para receber o pagamento desses clientes. Caso você ainda não tenha essa conta, pode contar com os serviços da Cora, uma conta exclusiva para empresa que não cobra mensalidade de manutenção, oferece um cartão de crédito sem anuidade e ainda oferece uma gestão de cobrança completa para seu negócio.

Leia também | Estudo de mercado: o que é e como fazer em 4 passos

Por Equipe Cora

Junte-se a mais de 100.000 negócios e receba conteúdos para alavancar os resultados da sua empresa direto no seu email!

A Conta PJ gratuita e sem burocracia que o seu negócio merece.

Cadastre a sua empresa em menos de 10 minutos e abra uma conta PJ totalmente sem custos. Junte-se a mais de 100.000 empreendedores, economize tempo e dinheiro e foque no que importa: no seu negócio.

5/5

“Excelente app, bem simples e entrega o que promete. Cobrança gratuita de boleto que reduziu bastante os custos na empresa” Guilherme Silva

Recebemos seus dados!

Enviamos um email de confirmação para você. Não esquece de checar a sua caixa de entrada depois! 

Se você quiser, você pode continuar a sua leitura agora.

Chegou o cartão de crédito PJ da Cora, exatamente do jeito que a gente gosta: com zero tarifas, sem burocracia e feito sob medida para o seu negócio

Título

Descrição