Cora recebe o código bancário 403: o que muda?

30 de Setembro de 2020
código bancário 403

Recentemente, a Cora foi homologada pelo Banco Central do Brasil e autorizada para operar como SCD – Sociedade de Crédito Direto. Como resultado disso, recebemos o Código bancário 403.

Esse foi um passo importante para o nosso propósito de apoiar e simplificar a vida financeira do empreendedor brasileiro e nos deixou ainda mais perto de oferecer a conta PJ que todo empreendedor merece.

Mas, o que essa conquista representa aos nossos clientes? O que muda em suas rotinas financeiras? Saiba mais, a seguir.

Leia também | Receba transferências (TED) na sua Conta Cora

A Cora é uma instituição financeira autorizada pelo Bacen

Toda a solidez e segurança de uma instituição financeira com a agilidade e praticidade de uma conta digital pensada no empreendedor. Essa é a Cora!

Agora somos integrantes do Sistema de Transferências de Reserva (STR), a estrutura que possibilita as transferências de recursos para pessoas físicas, jurídicas e demais entes.

Com isso, assim como um banco, nós ganhamos um código: 403. Esse é o número que representa a sigla COMPE (Código do Sistema de Operações Monetárias e Compensação de Outros Papéis). É, também, o número que nos deixa ao lado de outras instituições no momento de realizar transações entre contas. Confira a lista completa e atualizada dos códigos dos bancos brasileiros.

Leia também | Cora é a mais nova instituição financeira autorizada pelo BC

O que muda para o cliente Cora?

Isso significa que, agora, nosso cliente possui um endereço bancário e tem agilidade, autonomia e segurança para realizar transferências pelo aplicativo e receber TEDs direto na sua conta Cora. Sabemos o quanto essa novidade é esperada por vocês e trabalhamos incansavelmente para torná-la possível.

O número do banco é solicitado quando você precisa fazer uma transferência do tipo DOC (Documento de Ordem de Crédito) ou uma TED (Transferência Eletrônica Disponível). É importante preencher essa informação com cuidado pois, caso digite o número errado do banco transferência será rejeitada e o recurso devolvido para a conta do remetente.

Ao fazer uma transferência bancária no aplicativo do Itaú, por exemplo, a Cora aparece como opção em uma lista que inclui outros bancos de varejo, bancos de investimento e corretoras de valores. 

É importante lembrar que para transferir valores para a conta Cora é necessário informar o CNPJ da empresa titular da conta e não o CPF. Isso garante que o recurso será enviado de forma correta.

Ah, neste link você já pode conferir o nosso código 403 no Sistema de Transferências de Reserva (STR) do Banco Central.

abrir conta Cora

 

Por Vanessa Ferreira