Tabela de preços: como fazer para atrair mais clientes

4 de Setembro de 2021
tabela de preços
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A tabela de preços é base de vendas para qualquer negócio. Sem precificar seu produto ou serviço, você coloca a empresa em risco de problemas financeiros e até falência.

O que vemos hoje é muito empreendedor fazendo uma média de valores, baseada apenas em suposições. Por um lado, compreendemos que nem todo pequeno empresário tem estrutura ou conhecimento prático para elaborar uma tabela eficiente. No entanto, dá para mudar essa realidade e a solução é até bem simples.

Se você não sabe como fazer tabela de preço, como calcular o custo de venda dos seus produtos e serviços e não tem enviado um pedido de orçamento eficaz para os clientes, a gente vai te ajudar a mudar isso hoje.

 

Ganhe tempo e agilidade na sua gestão financeira

Baixe gratuitamente a nossa Planilha de Controle Financeiro Empresarial e organize as movimentações da sua empresa

 

O que é uma tabela de preços?

Tabela de preços é uma relação de todos os seus produtos ou serviços, com o valor de venda associado a cada um deles.

Um bom exemplo é o menu de um restaurante. Em quase todos os casos, esse cardápio vem com a descrição dos pratos e o valor que o estabelecimento cobra por ele.

No entanto, nem sempre a tabela de preços fica exposta para o cliente. Em alguns negócios, ela serve para orientar o empreendedor e os colaboradores quanto ao preço mínimo e máximo de venda, assim como os descontos oferecidos.

Leia também | Precificação: aprenda a precificar produtos e serviços

Importância da tabela de preço para um negócio

Além de ser uma grande ferramenta de consulta, a tabela de preços também ajuda no planejamento estratégico e financeiro da sua empresa.

Com uma tabela bem estruturada, você consegue avaliar pontos, como:

  • aumento de vendas e o faturamento do negócio;
  • melhor controle do capital de giro da empresa;
  • análise mais consistente da concorrência;
  • melhor posicionamento da empresa no mercado;
  • avaliação das possibilidades de investimentos;
  • melhor período para expandir os negócios;
  • identificação dos períodos de alta e baixa de preços, sem afetar o financeiro.

 

Leia também | Como fazer um orçamento: passo a passo simplificado

 

Como fazer tabela de preço personalizada: passo a passo

Sabemos que esse é um momento bem particular e cada empresa irá elaborar a tabela de preços considerando o planejamento financeiro do negócio e as estratégias de venda.

No entanto, o passo a passo para ter um documento eficaz e com o mínimo de erros, pode ser feito a partir dos pontos abaixo.

1 – Tenha todas as informações técnicas do produto e serviço

O nome do produto, a marca, as dimensões (peso e altura) e qualquer outro tipo de dado que identifique e torne aquele produto único, deve ser listado primeiramente.

No caso de serviços, como não há detalhamento de peso, altura, marca e outras especificações do tipo, o detalhamento é feito sobre o que será oferecido ao cliente.

Por exemplo, em uma tabela de preço de pintura, você deve detalhar a quantidade de horas trabalhadas, o prazo médio de execução e outros detalhes similares.

2 – Crie um layout para a tabela de preços

Dependendo do seu negócio, a tabela de preços precisa ter um design mais bem elaborado. Nesses casos, vale contratar um profissional para construir o modelo ou usar ferramentas online, que já têm tabelas prontas, apenas para o seu preenchimento.

Já para negócios no qual o documento será apenas para uso interno, no repasse de pedido de orçamento, uma tabela mais simples dá para ser criada. O Excel hoje é a ferramenta mais comum e já tem modelos prontos, para os empreendedores que não têm muita familiaridade com o software.

O layout é importante por questão de organização de informação. Seja ele estilizado ou mais simples, se você estabelece um padrão para cada detalhe do produto, a busca pelo preço será bem mais rápida e eficiente.

Uma dica: preferencialmente, coloque uma imagem em miniatura do produto ou um link do seu site para reconhecer e confirmar o que está sendo consultado!

3 – Identifique todos os valores

A identificação de todos os valores na sua tabela de preços, ajudará em diversos momentos. Entre as situações mais comuns está conseguir analisar com rapidez e assertividade, descontos oferecidos ao potencial cliente durante a negociação, sempre respeitando a margem de lucro.

O detalhamento de valores ainda permite que você consiga estudar o mercado e saber se a sua precificação está indo bem ou não, em relação à concorrência.

Uma tabela completa tem informações como o custo de aquisição do produto, a margem de lucro, a precificação da mão de obra, o máximo de desconto que pode ser oferecido e outros valores que compõem o preço final e podem sofrer alteração na composição da proposta para cliente.

Leia mais | O que é fluxo de caixa e por que é importante para o seu negócio

4 – Mantenha a tabela atualizada

O último passo desse processo é uma constante, na verdade. Após montar toda a sua tabela de preço, sempre faça uma análise para não correr o risco de estar vendendo seu produto ou serviço com a precificação errada.

Olhe ao seu redor, faça uma pesquisa de mercado e esteja antenado com as oportunidades – de alta e de baixa – para se manter na concorrência.

A atualização da tabela também deve acontecer sempre que você trocar de fornecedor, já que os preços de aquisição de produto sempre mudam.

Uma tabela de preços bem pensada e bem estruturada diz muito sobre o seu negócio. Ela também é uma ferramenta muito útil para o crescimento da empresa e para a gestão financeira.

A tabela de preço também não é um documento que caminha sozinho. Você precisa estruturar a precificação dos seus produtos e ter uma planilha de orçamento para acompanhar todas as demandas e pedidos do negócio.

Sabendo disso, disponibilizamos dois arquivos gratuitos para download e que te ajudarão na composição de preços e na formalização de orçamentos para clientes! Acesse o Guia Completo de Precificação e a Planilha de Fluxo de Caixa.

 

Se o seu fluxo de caixa pudesse falar…

O que ele diria sobre a sua administração? Baixe gratuitamente a nossa Planilha de Fluxos de Caixa e organize as finanças da sua empresa

Planilha de Fluxo de caixa

Por Equipe Cora

Junte-se a mais de 100.000 negócios e receba conteúdos para alavancar os resultados da sua empresa direto no seu email!

A Conta PJ gratuita e sem burocracia que o seu negócio merece.

Cadastre a sua empresa em menos de 10 minutos e abra uma conta PJ totalmente sem custos. Junte-se a mais de 100.000 empreendedores, economize tempo e dinheiro e foque no importa: no seu negócio.

5/5

“Excelente app, bem simples e entrega o que promete. Cobrança gratuita de boleto que reduziu bastante os custos na empresa” Guilherme Silva

Recebemos seus dados!

Enviamos um email de confirmação para você. Não esquece de checar a sua caixa de entrada depois! 

Se você quiser, você pode continuar a sua leitura agora.

EBOOK GESTÃO DE COBRANÇA

Dá pra fugir do negativo sem perder o relacionamento positivo com o cliente?

Baixe gratuitamente nosso Guia Completo de Gestão de Cobrança e saiba como reduzir a inadimplência sem impactar o bom relacionamento com seu cliente.

Ao informar meus dados, declaro que li e concordo com a Política de Privacidade da Cora.

Título

Descrição

Ebook enviado!

Você receberá nosso e-mail em alguns instantes, mas se já quiser começar a leitura, basta clicar no botão para baixar o ebook gratuitamente.