Cobrar por QR Code: por onde começar?

17 de Junho de 2021
qr code
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O QR Code é um meio de pagamento que pode ser adotado mesmo quando a compra é feita online ou presencial. Além disso, a sua facilidade de acesso e a agilidade de pagamento evidencia o grande potencial que ele tem de se tornar tão comum quanto a utilização de cartão de crédito e/ou débito.  

Sendo assim, se o seu interesse é se manter atualizado e oferecer o melhor para o seu cliente, confira este post! Com essa leitura, vamos te ensinar o que é QR Code, o que você precisa para começar a cobrar por QR Code e como funciona o pagamento. Além disso, você também vai aprender sobre as duas opções de cobrança existentes: o QR Code estático e o QR Code dinâmico. Vamos lá!

O que é QR Code?

O QR Code ou “Quick Response Code” é um código de barras bidimensional com representação gráfica quadriculada. Ao contrário do código de barras convencional, que é capaz de armazenar informações apenas na horizontal, o QR Code dispõe de informações tanto no plano horizontal como na vertical. Ou seja, ele é capaz de armazenar mais dados.

Ele foi criado em 1994, pela Denso-Wave, com o intuito de ajudar a catalogar as peças dos carros na linha de produção de uma indústria japonesa. Contudo, apenas em 2003 que a linguagem começou a ser aplicada em celulares. Isso pode parecer estranho, porém pode ser explicado pelo acesso discrepante à internet. Nos dias de hoje, o seu uso está sendo cada vez mais comum! 

Ademais, algumas das vantagens do QR Code, além da capacidade de armazenamento e da sua versatilidade, estão relacionadas ao fato de que ele pode ser facilmente lido por qualquer dispositivo móvel. É necessário apenas que esse dispositivo tenha uma câmera, um programa que vai fazer a leitura do código e acesso a internet. Portanto, toda essa praticidade contribui para o direcionamento do usuário ao acessar sites e até para realizar pagamentos.

Quando falamos exclusivamente desse último item, a capacidade de realizar pagamentos por QR Code têm se mostrado extremamente benéfica para consumidores e clientes. Isso porque a facilidade de escaneamento e a agilidade da cobrança são fatores que auxiliam a jornada de compra do cliente e também ajudam no controle financeiro de quem está oferecendo o produto/serviço.

Leia também | Formas de pagamento: como escolher as melhores opções para o seu negócio?

 O que é preciso para cobrar por QR Code?

Para o estabelecimento ou o e-commerce que pretende começar a utilizar essa tecnologia, é necessário que o empreendedor escolha uma das seguintes opções que aceite receber pagamento por QR Code, são elas: carteiras digitais, maquininhas digitais ou contas digitais, como a Cora

Carteiras digitais

As carteiras digitais são sistemas que permitem a criação de um perfil e a troca de dados entre esse perfil e outro para realizar pagamentos por meio de dispositivos eletrônicos. 

As carteiras digitais podem usar duas tecnologias principais para fazer transferências: o QR Code ou o pagamento por aproximação. No primeiro caso, é preciso que o smartphone seja capaz de ler o código. Já o pagamento por aproximação, como o próprio nome diz, permite o pagamento por meio da aproximação dos dois dispositivos. Assim, os smartphones se transformam em uma carteira e podem ser usados para compras presenciais ou online.

Contudo, é importante lembrar que nem todas as carteiras oferecem a opção de pagamento por código QR. E para pagar com QR Code, não basta ter a carteira digital no seu dispositivo, é necessário que o estabelecimento também aceite essa modalidade de pagamento. No Brasil, as principais carteiras digitais são o PayPal, o PagSeguro, o Samsung Pay, o Apple Pay e o Google Pay.

Maquininhas

Uma máquina de cartão, chamada popularmente de maquininha, são terminais de processamento de dados de cartões de crédito e de débito. A transmissão dos dados em tais dispositivos pode ser feita através de conexão à internet com ou sem fio, bem como através de cartões SIM e Bluetooth. Recentemente, além dessa funcionalidade, algumas maquininhas passaram a aceitar pagamento por QR Code. 

O pagamento por QR Code possibilitou a praticidade e segurança em pagar, pois com a pandemia da Covid-19 muitos consumidores preferem não tocar nas maquininhas, por motivos de higiene. Além disso, outro ponto forte para os lojistas é que a taxa para esse tipo de pagamento costuma ser mais baixa.

Contas digitais PJ

Algumas contas digitais, como a Cora já possuem a função de criar QR Code para realizar movimentações financeiras. Contudo, o grande problema é que, até então, ainda não existia uma padronização nesses sistemas, o que obrigava ao consumidor a ter conta em múltiplos serviços para pagar com QR Code.

Pensando nisso, o Banco Central está desenvolvendo um sistema padronizado de pagamento com QR Code que foi lançado no dia 14/05/2021. Essa nova funcionalidade se chama PIX Cobrança e se destina a pessoas jurídicas. Ela é uma alternativa para o boleto bancário, substituindo o código de barras pelo QR Code e reduzindo o tempo de compensação de 3 dias para alguns segundos!

Leia também | Adeus boletos? Saiba porque o PIX Cobrança é uma alternativa para o boleto bancário

 

Finalmente, uma conta PJ feita para quem empreende

Descomplicada, sem taxas abusivas, sem burocracia e com  atendimento ágil pelo aplicativo. 

 

Como funciona o pagamento por QR Code?

Pagar por QR Code é muito simples! O cliente precisa apenas apontar a câmera do dispositivo eletrônico para o código correspondente, com o aplicativo de leitura aberto. Depois disso, o próprio aplicativo auxilia na hora de realizar o escaneamento e já direciona para o pagamento.

Todo o processo de compra por meio do QR Code é extremamente seguro, pois, ao escanear o código, o cliente sempre terá acesso às informações da cobrança antes de continuar a compra. Essas informações são: CPF/CNPJ do pagador, bem como os dados do emissor daquela cobrança (para onde o dinheiro vai).

Formatos de cobrança

Existem duas formas de cobrar por QR Code, através do QR estático e do QR Code dinâmico. Entenda essas duas categorias e seus benefícios para saber como utilizar cada uma e potencializar as vendas do seu negócio. 

  • QR Code estático

O QR Code estático pode ser usado em diversas transações e permite a inserção de valor pelo pagador. Nesse caso, se você tem um vínculo de prestação de serviço, ele pode ser ideal porque você não será obrigado a gerar um código todo mês, o seu cliente pode usar o mesmo código diversas vezes!

Ademais, o QR Code estático possibilita que o lojista disponibilize ele em sua loja, ou melhor, no caixa da sua loja física ou no momento de compra do seu e-commerce. Isso porque ele é um caminho mais fácil e direto para que o cliente tenha acesso aos dados bancários do proprietário. 

Leia também | Crie agora um QR Code PIX para sua conta Cora!

  • QR Code dinâmico

Já o QR Code dinâmico pode ser usado em apenas uma transferência, ou seja, é exclusivo para cada transação. Por meio dele é possível incluir, além do valor, outras formações como a própria identificação do recebedor. Ou seja, com o QR Code dinâmico é possível que o lojista detalhe todas as informações do produto de forma personalizada.

Sendo assim, ao escanear um código, o cliente é direcionado para os dados bancários do proprietário e tem acesso a descrição do produto e ao valor de compra. Tudo que ele irá precisar fazer é finalizar o pagamento! Portanto, a experiência de compra fica muito mais fluída, sem fricção e essa agilidade também é sentida pelo empreendedor, que recebe o dinheiro muito mais rápido.

Como já informamos, uma nova funcionalidade do PIX torna ainda mais comum o uso do QR Code Dinâmico pelos empreendedores: o PIX Cobrança. Segundo o Banco Central, essa nova função foi pensada para substituir o boleto bancário, baixar o custo, aumentar a segurança e aprimorar a experiência dos clientes. Moral da história: o QR code tem muito potencial como meio de pagamento!

Boleto com QR Code PIX? É só na Cora!

A boa notícia é que aqui na Cora você já tem acesso as funcionalidades do PIX Cobrança de forma gratuita. Agora, ao emitir um boleto de cobrança na Conta Cora, você tem a opção de adicionar um QR Code PIX. Ou seja, você oferece ao seu cliente a opção de pagar via código de barras (com a compensação de 3 dias úteis) e via QR Code (com a compensação instantânea). 

Uma outra questão interessante é que o pagamento via QR Code Dinâmico PIX têm as mesmas configurações personalizadas de multa, juros e descontos do boleto tradicional. Sendo assim, a única diferença é realmente a agilidade do pagamento. Essa funcionalidade é muito boa para o seu fluxo de caixa, não é mesmo?

Veja como é o boleto da Cora com a opção de pagamento via QR Code PIX:

boleto com qr code cora

Leia mais | Chegou o boleto com QR Code PIX da Cora!

Aqui na Cora, além de você ter acesso a uma conta digital PJ feita para atender as demandas do dia a dia do micro e médio empreendedor brasileiro, todos os produtos financeiros: boletos, TED e PIX são e serão ilimitados e gratuitos. Não perca mais tempo e abandone hoje mesmo as taxas bancárias, vem ser Cora! 

Por Leticia Souza

Junte-se a mais de 100.000 negócios e receba conteúdos para alavancar os resultados da sua empresa direto no seu email!

A Conta PJ gratuita e sem burocracia que o seu negócio merece.

Cadastre a sua empresa em menos de 10 minutos e abra uma conta PJ totalmente sem custos. Junte-se a mais de 100.000 empreendedores, economize tempo e dinheiro e foque no importa: no seu negócio.

5/5

“Excelente app, bem simples e entrega o que promete. Cobrança gratuita de boleto que reduziu bastante os custos na empresa” Guilherme Silva

Recebemos seus dados!

Enviamos um email de confirmação para você. Não esquece de checar a sua caixa de entrada depois! 

Se você quiser, você pode continuar a sua leitura agora.

Já vai? Gostaríamos de oferecer um cafezinho, mas por enquanto, oferecemos uma conta sem burocracia e sem taxas abusivas. Saiba mais e #SejaCora

Título

Descrição