Quem faz

Studiomix: saiba como o negócio está superando os impactos da COVID-19

By maio 6, 2020 maio 14th, 2020 No Comments

Salão movimentado, agenda lotada e clientes satisfeitos. Esse era um cenário comum no centro de beleza e estética Studiomix, localizado na Vila Madalena, em São Paulo.

No entanto, os impactos da pandemia do novo coronavírus obrigaram o salão a fechar suas portas por período indeterminado, assim como ocorreu com milhares de estabelecimentos da capital paulista e de todo o país.

Negócios do ramo de serviços, que não podem optar por vendas online ou delivery, por exemplo, são os que mais sentiram este impacto. Embora não ofereçam os considerados serviços essenciais, são uma enorme fonte de emprego e movimentam a economia brasileira.

Mas, como vender, se o consumidor não aparece? E como pagar as contas, se não vende? E a questão mais preocupante: como sobreviver sem o faturamento que já estava previsto?

O Studiomix, por exemplo, vinha em uma curva de crescimento acelerado, mas seus proprietários se viram obrigados a adiar os planos de expansão. “Estávamos nos preparando para reformular totalmente o espaço interno para acomodar melhor os serviços, profissionais e clientes. O projeto estava lindo. Tivemos que segurar tudo”, explica o sócio-proprietário do negócio, André Carneiro.

O empresário reforça que o fato de terem antecipado uma reserva financeira foi essencial para garantir mais tranquilidade neste período de incertezas. “Tínhamos um pouco de caixa e isso em um primeiro momento nos deu um pouco de tranquilidade, mas fazemos parte de uma comunidade de empreendedores da Vila Madalena, em que essa não é uma realidade de todos”, pondera.

Passado o choque inicial, a estratégia dos empresários foi garantir um bom relacionamento com os clientes e tranquilizar os colaboradores. “Estamos ansioso para voltar a atender. Assim como todo mundo, queremos que tudo volte ao normal o mais rápido possível. Sabemos da importância de ficar em casa, mas alguns clientes precisam de atendimento e têm nos solicitado ajuda. Tivemos que suspender tratamentos de podologia, por exemplo. Esperemos que aos poucos alguns serviços possam retornar e que nós possamos ser um deles tomando todos os cuidados com a nossa equipe e clientes”.

Usar a experiência de aprendizados anteriores também foi fundamental para passarem por essa situação de forma mais tranquila. “Estamos atrás de capital de giro e acalmando os nossos profissionais. Já quebramos um salão em Moema e foi uma experiência ruim, mas com muitos aprendizados. Agora cuidamos da PJ para a PJ cuidar da gente”.

sócios StudioMix
André Carneiro (direita) e seu sócio Alex Montanheiro (esquerda)

Sem poder vender, o empresário buscou alternativas para não perder por completo seu fluxo de caixa. O Studiomix é um dos negócios participantes da iniciativa “Compre dos Pequenos”, criada pela fintech Cora.

“A iniciativa ajudou a antecipar um pouco de receita. Somos gratos por essa iniciativa e pelos clientes fiéis que temos. Essa ajuda possibilitou um ponto de contato com os nossos clientes e ambos ajudaram a gente a gerar um pouco de caixa neste período de quarentena e que estamos fechado. Vendemos pouco mais de 30 vouchers até agora”, destaca André.

Embora suas atenções estejam voltadas para minimizar os impactos da crise, André enxerga oportunidades para os pequenos negócios. “Tenho visto um movimento de repensar o negócio. Existem pequenos comércios que não tinham olhado para a venda online ainda e tinham certo preconceito quanto a isso. Vejo que aqueles que se arriscaram não estão parados”, conclui.

Sobre o Compre dos Pequenos

A iniciativa “Compre dos Pequenos” é uma solução gratuita, pensada para que pequenos empreendedores, como o André, continuem vendendo seus produtos e serviços, mesmo com as portas fechadas.

A operação é realizada por meio da venda de cupons, em que os estabelecimentos recebem o valor da venda de forma imediata e o cliente pode aproveitar o produto ou serviço assim que a quarentena acabar. E tudo isso sem nenhum custo envolvido.

O empresário também ganha uma página online exclusiva e personalizada para o negócio, em que poderá divulgar seus produtos e serviços, além de promoções aos seus clientes. O valor dos cupons ficará disponível imediatamente em uma conta digital 100% gratuita. Para saber mais e participar da iniciativa, visite o nosso site.

Vanessa Ferreria

About Vanessa Ferreria

Leave a Reply