5 dicas de segurança na internet para não cair em armadilhas

4 de Julho de 2020
segurança na internet

Realizar compras ou operações financeiras pela internet já faz parte da rotina de milhares de pessoas. Foi-se o tempo em que era necessário enfrentar longas filas para realizar serviços bancários simples, como o pagamento de contas ou realizar compras somente em lojas físicas.

No entanto, a inovação da era digital trouxe consigo uma onda de fraudes na internet e elas têm causado grandes prejuízos aos brasileiros.

De acordo com um levantamento pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), cerca de 12,1 milhões de brasileiros relatam terem sofrido algum tipo de golpe financeiro pela internet nos últimos 12 meses.

Este número reforça a necessidade de uma maior cuidado ao compartilhar dados e realizar transações pela internet. Pensando nisso, listamos algumas dicas de segurança na internet para te ajudar a aproveitar todas as vantagens dos serviços digitais, sem cair em armadilhas. Confira!

Dicas de segurança na internet para se manter protegido

1. Investigue o site antes de inserir os dados

O primeiro e principal sinal para saber se um site é seguro é observar se ele possui o certificado de segurança SSL (Secure Socket Layer). Para isso, basta observar a url (endereço do site) e garantir que ela possui o formato HTTPS e se a barra de busca exibe o ícone de um cadeado para sinalizar que o site é seguro, conforme exemplo abaixo:

Ao clicar no ícone do cadeado, é possível acessar informações sobre o certificado de segurança e garantir a autenticidade do site. Além disso, o certificado garante que toda informação trocada é criptografada, ou seja, fica protegida do acesso de terceiros.

Outra recomendação é validar a reputação do site em plataformas de apoio ao consumidor como o Reclame Aqui. Já em sites de compras independentes, leia os reviews de outros compradores e sempre faça a compra usando a plataforma, nunca “por fora”.

2. Desconfie de ofertas boas demais

Inicialmente, desconfie de ofertas muito abaixo do valor de mercado e que se dizem imperdíveis (como muito acontece na black friday). 

Outro ponto importante é atentar-se às tentativas de phishing, prática que tenta confundir o usuário e faz com que ele, sem perceber, forneça dados pessoais (como documentos e senhas) para o fraudador, que se passa pela empresa sem autorização. Lembre-se de que empresas idôneas não solicitam senhas de acesso e dados dos seus clientes por canais não oficiais.

3. Fique atento a suas senhas

Com tantas informações para lembrar, muitas pessoas optam por usar a mesma senha para diversos serviços. No entanto, essa prática não é recomendada. Isso porque, caso o fraudador descubra essa senha, ele pode ter acesso a todas as suas contas pessoais de uma só vez.

Para evitar que isso ocorra, utilize senhas diferentes e para não esquecer guarde-as anotadas em um local seguro. Além disso, ao escolher suas senhas, certifique-se de que elas sejam fortes, contendo números, letras e caracteres especiais, se for possível. Evite datas de aniversário ou números sequenciais que são facilmente descobertos.

4. Mantenha um antivírus atualizado 

O antivírus é um importante aliado da segurança na internet. Existem opções pagas e gratuitas que podem identificar ameaças durante a navegação ou mesmo bloquear o acesso a sites suspeitos.

Outra dica importante é não realizar downloads de fontes desconhecidas. Sempre que decidir baixar um aplicativo ou arquivo, certifique-se de que trata-se de uma fonte confiável.

5. Evite exposição excessiva nas redes sociais

Além de garantir entretenimento, as redes sociais são excelentes ferramentas para vendas online e para iniciar a presença digital do seu negócio. No entanto, quando usadas de forma inadequada elas podem ser fontes valiosas de informação para pessoas mal-intencionadas.

Portanto, redobre a atenção com o conteúdo postado. Evite fazer publicações que revelam detalhes sobre a sua intimidade e da sua família.. Vale também “fazer uma limpa” na lista de seguidores ou amigos e se certificar de que o perfil é acompanhado apenas por pessoas confiáveis.

A Conta Digital Cora é segura?

Você deve estar se perguntando se a Conta Cora é segura, já que ela é 100% digital. E a resposta é sim!

Aqui na Cora, seguimos políticas globais de segurança de dados. Além disso, somos certificados pelo Banco Central, com a licença de Sociedade de Crédito Direto (SCD), o tipo de instituição financeira mais segura que existe. (Falamos mais sobre a licença em outro post do nosso Blog. Leia aqui).

Nossas bases de dados são criptografadas, garantindo a segurança e proteção dos dados de nossos clientes. Além disso, temos monitorias de segurança constantes para identificar e bloquear movimentações financeiras indevidas, além de possíveis vulnerabilidades e riscos para nosso serviço. Outro ponto relevante é que o acesso aos servidores e bases de dados é restrito à nossa rede interna, ou seja, não são acessíveis pela internet.

Por isso, conseguimos garantir que o capital do seu negócio estará seguro para você movimentar quando quiser, a qualquer momento. E que seus dados estarão sempre protegidos. Acesse a nossa Política de privacidade para saber mais.

E então, o que achou das dicas de segurança na internet? Está preparado para aproveitar os serviços digitais com segurança? Comece com a Conta Digital Cora, que oferece serviços financeiros gratuitos e ilimitados como a emissão de boletos gratuitos e transferências (TED) ilimitadas para qualquer banco. Acesse o nosso aplicativo e experimente!

banner CTA

Por Vanessa Ferreira