O que é Markup: entenda como precificar seu produto sem erro

10 de Novembro de 2021
o que é markup
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Todo dono de negócio já passou por algum perrengue na hora de precificar um produto ou serviço! Nesses momentos, entender o que é Markup evita você cair no erro e acabar tendo prejuízo com suas vendas.

Sabemos que a competitividade de mercado, independente da área que você atua, está bem maior desde o início da pandemia. Por isso, saber como se destacar, sem apelo e com o mínimo de riscos, faz toda diferença.

Em uma tradução livre, Markup significa “aumento” ou “remarcação”, sendo aplicado quase sempre para custos. Em muitos casos, esse conceito pode ser confundido com a margem de lucro, mas funciona diferente na prática.

E para responder algumas questões e ensinar você a calcular o Markup correto em seu negócio, preparamos esse post com o máximo de informações sobre o tema. Confira!

O que é Markup?

Como citamos logo acima, o termo Markup vem do inglês e representa o aumento ou remarcação de preço de produtos ou serviços.

A ideia é aplicar um “preço de margem”, sobre o custo real do que você está vendendo, para evitar que haja desvalorização e perda financeira para a empresa.

O Markup sempre surge quando falamos em precificação, porque ele avalia uma margem que leva em consideração três pontos essenciais nesse processo:

  • as despesas fixas da empresa;
  • a margem de lucro;
  • as despesas variáveis.

Por que utilizar o Markup na sua precificação?

A saúde financeira do seu negócio depende diretamente de um bom planejamento financeiro e parte desse processo está a precificação de produtos ou serviços.

Aplicando uma estratégia eficiente e lucrativa, você consegue manter a sustentabilidade do negócio, de forma que ele consiga arcar com todas as despesas e ainda obter lucro com as vendas.

Quando você compreende o que é Markup, entende que dá para aplicar uma porcentagem de margem sobre suas vendas garantindo, por exemplo, que descontos sejam aplicados sem afetar o valor real.

O Markup não é um lucro que você ganha, mas uma garantia que você aplica para não ter prejuízos.

 

Como precificar um produto
Baixe o nosso guia de precificação e aprenda a precificar um produto na prática.

 

Como precificar com Markup sem erro?

Antes de explicar para você como fazer o cálculo do Markup certinho, precisamos conversar sobre a aplicação dessa técnica, para que você tenha os melhores resultados com suas vendas.

Por isso, consideramos quatro dicas fundamentais.

1 – Saiba quem são os seus principais concorrentes

As empresas moldam muito os hábitos de mercado. Não considerar avaliar os seus concorrentes e analisar as estratégias de precificação que eles estão adotando, é um grande erro!

Tenha um controle com os preços aplicados por pelo menos cinco dos seus principais concorrentes diretos. Esse controle ajudará você na hora de fazer uma média para encontrar o preço ideal para o Markup.

 

Leia Mais | O que é fluxo de caixa e por que é importante para o seu negócio

 

2 – Conheça todos os custos da sua empresa

O balanço patrimonial é uma ótima ferramenta para ajudar você a entender todos os custos, gastos e investimentos feitos pela empresa.

Você também precisa criar um controle financeiro com todos os custos envolvidos na produção de uma peça ou serviço, desde o planejamento até a disponibilidade dela para venda.

Com todos esses controles sempre atualizados, fica mais fácil aplicar qualquer tipo de margem, sem correr riscos de prejuízos.

 

Leia Mais | Despesas fixas e variáveis: tudo que o que você precisa saber

 

3 – Saiba qual é a percepção de valor dos seus clientes

Nos negócios, chamamos a percepção de valor, a forma como o seu cliente enxerga o seu negócio e determina o quanto vale o seu produto ou venda. Isso é importante porque, quanto maior for a percepção de valor, maior será a capacidade de investimento do seu público com o que você vende.

Um bom exemplo do que estamos falando é a Apple. A percepção de valor da empresa é muito grande e, mesmo que um produto seja lançado a preços elevados, há a aderência do público com facilidade.

Uma forma muito simples de identificar a percepção de valor da sua empresa é a realização de pesquisas diretas com o consumidor. Entenda quanto eles estão dispostos a gastar com sua empresa.

4 – Avalie a margem ou giro do negócio

Margem de lucro e giro de produto são dois conceitos que ajudam muito a sua empresa aplicar o Markup de forma correta.

Algumas empresas vendem produtos ou serviços com alto valor aquisitivo e, tendencialmente, ganham sobre a margem de lucro aplicada, que não é tão baixa. Então mesmo que haja um volume baixo de vendas, o negócio não tem um grande prejuízo, pois os valores obtidos por cada produto são rentáveis para a empresa.

Já o giro dos produtos induz a empresa a ganhar mais sobre as vendas do que sobre a margem aplicada. Nesses casos, o valor que o negócio lucra com cada venda é pequeno, mas como são realizadas inúmeras vendas por mês, a contabilidade é igualmente favorecida.

 

Encontre o preço certo para os seus produtos

Baixe gratuitamente a nossa Planilha de Precificação e garanta lucro para o seu negócio

Planilha de Precificação

 

Como fazer o cálculo do Markup

O cálculo do Markup é feito por etapas.

A primeira delas é calcular o preço de venda. Para chegar nesse resultado, é preciso entender quais são as despesas fixas do seu negócio. Crie uma planilha com todos os gastos administrativos, as contas de consumo, o pagamento dos salários de funcionários, etc. Depois crie um documento com todas as despesas variáveis e faça o cálculo do custo de venda.

Por último, descubra qual é a sua margem de lucro para obter o primeiro resultado.

Com os três dados em mãos, você pode aplicá-los na seguinte fórmula para descobrir o Markup:

100 / [100 – (Despesas variáveis + Despesas fixas + Margem de lucro)]

Vale lembrar que o Markup é uma porcentagem, que precisa ser aplicada sobre o custo de produção.

Então se o resultado da conta acima deu 2,5 por exemplo, e o custo de produção for R$ 20 por produto, você vai multiplicar os dois para obter o preço de venda. Portanto:

Preço de venda= Markup x Custo de produção

 Aplicando no exemplo acima:

Preço de venda = 2,5 x 20 = R$ 50,00

 Entendeu bem o que é Markup e como fazer esse cálculo? Para mais dicas sobre custos, valores e despesas, acesse o nosso guia completo de precificação!

Por Equipe Cora

Junte-se a mais de 100.000 negócios e receba conteúdos para alavancar os resultados da sua empresa direto no seu email!

A Conta PJ gratuita e sem burocracia que o seu negócio merece.

Cadastre a sua empresa em menos de 10 minutos e abra uma conta PJ totalmente sem custos. Junte-se a mais de 100.000 empreendedores, economize tempo e dinheiro e foque no que importa: no seu negócio.

5/5

“Excelente app, bem simples e entrega o que promete. Cobrança gratuita de boleto que reduziu bastante os custos na empresa” Guilherme Silva

Recebemos seus dados!

Enviamos um email de confirmação para você. Não esquece de checar a sua caixa de entrada depois! 

Se você quiser, você pode continuar a sua leitura agora.

Já vai? Gostaríamos de oferecer um cafezinho, mas por enquanto, oferecemos uma conta sem burocracia e sem taxas abusivas. Saiba mais e #SejaCora

Título

Descrição