Como avaliar quanto custa montar um consultório de psicologia?

3 de Agosto de 2022
Psicóloga está atendendo uma paciente em seu consultório. Entenda quanto custa montar um consultório de psicologia.

Um consultório psicológico é um tipo de investimento que todo profissional deste ramo tem condições de fazer. Mas a dúvida que fica é: quanto custa montar um consultório de psicologia?

A resposta para esta pergunta envolve uma série de fatores que precisam ser levados em consideração na hora de chegar ao resultado deste cálculo – que, claro, pode não ser exato.

Porém, ter essa possibilidade de empreender num estabelecimento que tem tudo a ver com o que você estudou e se dedica há anos pode ser muito gratificante. Isso se intensifica ainda mais quando se consegue mesclar a vontade de empreender pelo amor à profissão.

Afinal, empreender significa olhar para todos os nichos com possibilidades comerciais e aproveitar a oportunidades, visando a criação de empresas ou produtos novos. Sendo assim, montar um consultório pode ser a grande chance de se consolidar na carreira e lucrar com isso.

Então, se você está pensando em abrir uma clínica de psicologia, este conteúdo é dedicado a você. Continue a leitura e tire todas as suas dúvidas.

Por que investir numa clínica de psicologia?

O fato de você ser uma pessoa formada em psicologia não deve ser, por si só, o principal motivo de querer abrir uma clínica. É preciso, também, ter vontade de empreender, até porque, o atendimento não será sua única atividade no consultório.

Ao mesmo tempo, vale entender que houve, nos últimos anos, um aumento significativo na busca de pessoas por este tipo de profissional. Só em 2020, por exemplo, quase 30% dos brasileiros procuraram ajuda de um psicólogo, enquanto outros 34% desejaram ter suporte deste profissional.

Esses dados são do Ministério da Saúde e têm consequência diretamente ligada à pandemia da Covid-19 que afetou a saúde mental dos brasileiros, obrigados a ficar isolados em casa.

A pandemia está acabando, o isolamento já não é mais obrigatório, mas as consequências serão vistas ainda por muito tempo. Porém, ela não pode ser considerada um fator único na busca. Nos próximos anos, o futuro da psicologia tende a ser de demanda crescente, isso graças às angústias geradas pelas incertezas dos indivíduos e da sociedade.

Dessa forma, estar preparado para esta oportunidade pode fazer de você, além de um profissional de psicologia, um empreendedor de sucesso que, além da lucratividade, consegue amenizar as dores psicológicas da população.

Como avaliar quanto custa montar um consultório de psicologia?

A primeira coisa a se levar em consideração na hora de decidir abrir esse tipo de clínica é que, para isso, a pessoa precisa ter formação na área e que esteja devidamente registrado no Conselho Regional de Psicologia (CRP) e com suas anuidades em dia.

Pense que, para o sucesso do tratamento de seus pacientes, é necessário ter um ambiente adequado, confortável, acolhedor e que transmita segurança e liberdade. Afinal, a confiança é necessária para que as pessoas falem sobre seus problemas e porque buscaram ajuda profissional.

O tamanho e a quantidade de profissionais em si é um fator decisivo para o custo. Sendo assim, vamos considerar uma clínica simples, com um único profissional, e que atenda às características de qualidade citadas acima.

Outros pontos a serem considerados são: a cidade; localização; posicionamento do público-alvo; equipamentos necessários; estratégia de crescimento.

Vale lembrar, ainda, que uma clínica de psicologia funciona como prestadora de serviços e atua diretamente com o consumidor final. Portanto, para ter sucesso, é preciso criar um bom plano de negócios.

Aqui, considere avaliar os serviços que pretende oferecer e detalhe, no plano, todas as questões financeiras e recursos humanos necessários para montar sua clínica, como:

  • Materiais;
  • Equipamentos;
  • Funcionários;
  • Mobília;
  • Aluguel ou custos do imóvel próprio;

 

Além disso, independente do ramo e tipo de empresa, qualquer pessoa precisa fazer um levantamento da documentação necessária antes de começar a operação do negócio. Logo, com uma clínica de psicologia, não é diferente.

Esta etapa já exige a contratação de um escritório de contabilidade para ajudar nos trâmites legais e toda a papelada necessária. Não é aconselhável avançar nessa documentação sem a ajuda desse tipo de profissional, pois essa pessoa conseguirá aconselhar em todo esse processo burocrático.

Além disso, a contabilidade conseguirá orientar também sobre taxas e alvarás, como prevenção e proteção contra incêndios, emitido pelo corpo de bombeiros, alvará de funcionamento da prefeitura, cadastro como autônomo ou individual no INSS e alvará da vigilância sanitária.

Considere, também, obter uma inscrição na prefeitura para pagamento do ISS, para que você possa gerar recibos para os seus pacientes. 

Como dito anteriormente, você também atuará na área de administração do negócio, não só com a psicologia. Portanto, alguns cuidados em relação à gestão financeira são importantes.

Assim que tiver o CNPJ do estabelecimento funcionando, considere já abrir uma conta corrente PJ para movimentar o dinheiro da clínica. Para isso, não se preocupe com o custo, pois já há no mercado hoje instituições financeiras que oferecem isenção na taxa de mensalidade, como a Cora, por exemplo, que também disponibiliza um cartão de crédito sem anuidade. 

Os investimentos necessários também dependem de um bom plano financeiro, portanto, mesmo que você tenha uma estimativa ou encontre-a na internet, o resultado pode ser bem diferente na prática.

O que levar em consideração na hora de abrir uma clínica

Além do custo inicial para abrir uma clínica, considere o investimento com divulgação e aquisição dos pacientes.

Outro ponto a ser considerado também é o capital de giro. Leve em consideração que, possivelmente, você não terá pacientes o suficiente desde o primeiro mês, porém, as contas vão chegar normalmente.

Por isso, além do custo inicial com decoração, divulgação e licenças/ alvarás antes de iniciar as operações, saiba que será necessário arcar com custos como:

  • Conta de água;
  • Conta de luz;
  • Conta de telefone;
  • Aluguel;
  • Salário de funcionário, caso você tenha;
  • Taxas municipais mensais;
  • Honorários de contador;
  • Produtos de limpeza e manutenção;
  • Pagamento de seguros.

 

Como dito anteriormente, é bastante complicado frisar um valor exato de quanto custa montar um consultório de psicologia tendo em vista todas as variáveis que estão por trás deste dado, como a cidade onde você vive, o tamanho da clínica, a especialidade que irá atender, entre outros fatores.

Porém, os dados aqui apresentados servem de base para você entender como avaliar este custo, seja antes de iniciar as operações, assim como os primeiros meses de atendimento sem uma base consolidada de clientes.

O importante de tudo é: busque se informar de todos esses custos, monte seu planejamento inicial e entenda se tem o recurso ou onde consegui-lo para realizar seu sonho.

Por Equipe Cora

Junte-se a mais de 100.000 negócios e receba conteúdos para alavancar os resultados da sua empresa direto no seu email!

A Conta PJ gratuita e sem burocracia que o seu negócio merece.

Cadastre a sua empresa em menos de 10 minutos e abra uma conta PJ totalmente sem custos. Junte-se a mais de 100.000 empreendedores, economize tempo e dinheiro e foque no que importa: no seu negócio.

5/5

“Excelente app, bem simples e entrega o que promete. Cobrança gratuita de boleto que reduziu bastante os custos na empresa” Guilherme Silva

Recebemos seus dados!

Enviamos um email de confirmação para você. Não esquece de checar a sua caixa de entrada depois! 

Se você quiser, você pode continuar a sua leitura agora.

Sua empresa ainda não possui uma conta PJ?

Na Cora, você tem emissão de boletos ilimitados, transferências (TED e PIX) e cartão de crédito totalmente livres de tarifas e burocracias. Abra sua conta com a gente e #SejaCora

Título

Descrição