Um Dia dos Pais diferente: bate-papo com pais e mães da Cora

9 de Agosto de 2020
dia dos pais Cora
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O Dia dos Pais terá um significado diferente este ano. Com as mudanças impostas pela pandemia do novo coronavírus no país e necessidade de isolamento social, as relações e as comemorações tiveram que se adaptar.

Enquanto muitos vão passar esta data longe de seus pais, outros aproveitam a necessidade de isolamento social para estreitar ainda mais os laços com os filhos, em uma uma convivência tão intensa quanto a dos fins de semana, só que com a missão de dividir o tempo com o trabalho, com os filhos e as tarefas domésticas, tudo num mesmo ambiente.

Existem também aqueles que se tornaram pais na quarentena, alguns com privilégio de acompanhar a gestação mais de perto e participar dos primeiros momentos.

Para celebrar essa data, falamos com pais e mães da Cora sobre este dia e tudo que ele representa. Falamos, também, sobre sonhos, mudanças, aprendizados e expectativas para o futuro. Confira o papo a seguir:

Sobre a coragem de abraçar o papel de mãe ou pai…

Fernanda Novak

Gerente de Produtos Digitais na Cora

Sempre quis ser mãe. Sempre.

Desejei mais que tudo… engravidar, educar… vivenciar cada segundo da evolução de um(a) filho(a). Ser parte desse desenvolvimento, compartilhar valores, e tudo mais que eu pudesse dar de melhor. 

Acompanhar essa jornada de descobertas, escolhas, de erros e acertos, de alguém que amamos e estamos dispostos a nos dedicar por completo. Sentir um amor que é único (E é mesmo. Me diziam isso, e eu até duvidava um pouco. Mas hoje sei que é a mais pura verdade).

Mesmo assim, com essa certeza tão clara ao longo da minha vida, quando foi chegando esse momento, não tenho como negar que essa vontade “balançou” um pouco. Não sobre a vontade de ser mãe. Mas os trade-offs que a maternidade impõe.

(…) Não é fácil. É uma decisão sem volta. Não temos como desistir. 

Mas o que eu não sabia é que a questão não é sobre “abrir mão” de alguma coisa. É sobre fazer novas escolhas. É viver um outro contexto, que é simplesmente diferente do outro e não pior que o outro. Que é incrível e muito intenso. Descobrimos um novo universo que é tão rico em experiências que é impossível comparar sem nunca vivê-lo.

A maternidade nos coloca à prova para pensar e decidir sobre o que realmente nos importa. Aprendemos a ter paciência (e muita…hahaha), evoluir nossa empatia, a otimizar e organizar nosso tempo (e o dos outros). Mas principalmente: a amar sem limites. 

Então, em 2016 tomei uma decisão ‘corajosa’… e ao mesmo tempo, sem dúvidas, a mais certa da minha vida: ser mãe. É impossível imaginar hoje minha vida sem o Luke”.

Sobre sonhos e futuro…

Kleber Rocha 

Desenvolvedor na Cora

“Meu maior sonho é que ele seja muito feliz na vida dele, quero que seja uma pessoa boa e agregue muito para a sociedade, mas o que eu realmente desejo pra ele é que ele seja muito feliz”.

Celso Wo

Engenheiro de software na Cora

“Gostaria de um mundo mais igualitário para as mulheres, no qual a maior barreira que as minhas filhas precisarão superar seria a dos próprios sonhos”.

 

Josué Chen Lin

Especialista em contabilidade na Cora

Existem tantas coisas que gostaríamos de garantir para os nossos filhos, que a cada dia que passa, a gente vê que não é capaz de dar tudo o que queremos para eles. Acho que a pandemia também serviu para ‘cair a ficha’ de que nem mesmo uma boa saúde a gente pode conseguir garantir!

Mas, se eu pudesse garantir algo no futuro dos meus filhos e eu tivesse total controle, com certeza seria um caráter íntegro/justo. Acho que independente de como o mundo está vivendo o seu momento (com/sem pandemia, com/sem crises financeiras, etc.), um caráter do bem, que olha o próximo com amor e igualdade, que saiba enxergar as necessidades dos outros.. é um bom passo para que o mundo se torne sempre um lugar melhor! Gostaria que meus filhos possam se tornar grandes agentes de transformação numa sociedade que é cada vez mais carente de necessidades (financeiras, sociais e emocionais)”.

Marcelo de Ciccio

Performance e Marketing Digital na Cora

“Um mundo cheio de Labradores e Pinschers convivendo em harmonia, respeitando suas diferenças e se amando cada vez mais”.

 

 

 

 

 

William Costa

Engenheiro de software na Cora

“Acima de tudo, desde sempre, eu incentivo bastante elas a serem felizes da forma que for. Eu acredito que qualquer pessoa tem que ter a liberdade de ser feliz da forma que achar melhor e isso levo para a educação e criação das minhas filhas”.

 

 

 

Willian Batista

Engenheiro de software na Cora

“Gostaria que o pimpolho vivesse num país menos desigual, sem pessoas que vivessem na pobreza.Acredito que menos desigualdade seja bom pra todos, inclusive pro meu pequeno. Gostaria que ele pudesse sair de casa pra ir pra escola e eu ficar 100% tranquilo porque o Brasil é um país de criminalidade zero. A propósito, a missão da Cora tá muito ligada a questão do aumento da renda da população. Bora aumentar a renda desse povo Cora! Por fim gostaria que quando ele estiver com a minha idade o mundo não esteja cozinhando e que o mar não fosse um grande piscinão de plástico”.

Daniel Fonseca

Co-fundador e CMO na Cora

É muito gratificante ver nossos filhos crescendo, ganhando autonomia e seguindo os próprios passos. Acredito que nosso papel como pais/mães é criar um espaço seguro para que as crianças possam exercitar o auto-conhecimento e com isso trilharem os próprios caminhos. Seria uma enorme felicidade se em alguns anos eu encontrasse minhas filhas felizes com as suas escolhas e contentes com as pessoas que se tornaram”.

 

Sobre aprendizados e mudanças…

Igor Senra

CEO da Cora

O dia aqui em casa começa muito cedo, as 5:30 da manhã todo mundo está de pé e mesmo depois de brincar, pintar, contar história, ler para as crianças e tudo mais que tínhamos no repertório ainda está no meio da tarde…Como principal aprendizado, entendemos e fomos menos rigorosos conosco mesmos, permitindo que os pequenos passem um tempo sozinhos entre eles, explorando, brincando e até mesmo se entediando é exatamente nessa hora que aparecem brincadeiras super diferentes!

Outra coisa é a necessidade de cumplicidade entre marido e mulher, entendendo os desafios do momento e estando mais ainda um pelo outro como apoio nas horas difíceis. Além do mais, fomos mais flexíveis e estendemos (bastante) a possibilidade deles assistirem TV ou iPad, o que salva um pouco de tempo e garante uma flexibilidade para os pais”.

Fabian Meyer

Gerente financeiro na Cora

“Essa data representa sempre a maior mudança da minha vida. Todas as coisas até então foram pequenos passos que me colocaram frente ao desafio de gerar e criar outro serzinho. Pra mim é um dia de agradecer a oportunidade, pela saúde das crianças e o privilégio de poder compartilhar o dia a dia com eles.

Por muitos anos, e por escolhas profissionais, eu tive que viver distante da minha esposa e do meu filho. Perdi muitos momentos importantes, mas que me ajudam a valorizar todos os dias a possibilidade de estar mais que próximo, presente.

Acho que a coisa mais importante na minha mudança para a Cora, foi a possibilidade de colocar a minha família realmente em 1o lugar. Poder dar banho, poder dar de comer, ajudar nas lições de casa, colocar na cama… Pequenas coisas que me fazem produzir ainda mais no meu dia a dia profissional”.

Leo Mendes

Co-fundador da Cora

Sempre fui muito próximo da minha filha e muito presente nos momentos que tínhamos juntos, principalmente nos finais de semana, antes da pandemia. Agora que trabalho de casa, no entanto, consigo brincar com ela ao acordar, sempre fazemos algo juntos na hora do almoço e também a coloco na cama à noite. Nossa relação ficou ainda mais próxima e a nossa conexão ficou ainda maior.

Com meu filho, no entanto, a mudança foi ainda maior. Como ele é o segundo, sempre brinquei mais como a filha mais velha, enquanto a mãe cuidava do pequeno. Tínhamos poucos momentos juntos, no dia a dia e mesmo nos finais de semana. Durante os últimos meses, percebi a mudança no olhar que ele tem pra mim e na forma como sorri quando me vê. A identificação pai e filho agora é muito maior e todos os sorrisos que recebo diariamente enchem o dia de alegria. Além do mais, ele já está se tornando um grande torcedor do Galo, com apenas 12 meses de vida”.

Sobre ser um pai Corajoso…

Alexandre Furtado

Business Development / Parcerias na Cora

Acredito que a simples atenção genuína ao tema já é a força motriz para empresas buscarem um futuro melhor para nossos filhos e sou testemunha que a  Cora é exemplo nisso!

A partir daí, as atitudes fazem a diferença. Desde as coisas simples, como a atenção e carinho com um presente para a mamãe e filha depois do nascimento, até coisas espetaculares como a licença paternidade, são exemplos de ações que acolhem e priorizam os cuidados com o bebê e sua família desde o nascimento da criança e que também trarão um grande impacto positivo no futuro delas. Essas atitudes são reflexo de valores e uma cultura organizacional que realmente estabelece como uma prioridade os filhos e as famílias, norteando as empresas que desejam um futuro melhor para nossos filhos”.

Gustavo Viegas

Pessoas e Cultura na Cora

Acho que a primeira coisa que eu gostaria seria ajudar o mundo a receber melhor meu filho, não importa qual sua característica física, mental, de opção sexual e tudo mais. Queria que o mundo o visse da mesma forma, então eu tentaria construir uma sociedade mais justa e humana para acolher bem meu filho e para que ele possa contribuir para ela e se desenvolver e melhorar como pessoa nela.

Outra coisa que eu gostaria de tentar é trazer para o mundo uma nova visão de Educação. Acho que o modelo atual não está mais conectado com as necessidades das pessoas, então eu gostaria de tentar melhorar isso para que meu filho tire proveito. Por fim, eu também quero continuar tentando construir um mundo de mais justiça social para todos, pois acho que o reflexo disso também volta para todo mundo e, por consequência, para o meu filho. Acho que o propósito da Cora é uma das melhores formas que tenho de contribuir para isso hoje”.

Sobre o que eles amam nos filhos…

Adriano Ribeiro

Engenheiro de software na Cora

“Adrian: Respeita as diferenças das pessoas, é muito inteligente, se preocupa muito com seus amigos.

Andreas: Gosta de ver todos bem, fica chateado quando os irmãos levam bronca como se fosse ele próprio tivesse levado, é um grande parceiro para um bate papo de algo nível.

Ariana: É uma menina muito carinhosa e amorosa, cuida das pessoas e dos animais com muito cuidado e atenção”.

Sobre amar, mesmo sem ainda conhecer…

Gustavo Viegas

Pessoas e Cultura na Cora

“Eu já amo que ele foi uma pessoinha que lutou muito pra existir! A gente queria ter filhos há um tempo já, então fico muito orgulhoso de ele ter conseguido se desenvolver. Já amo que ele fez eu e a Bru nos prepararmos para tentarmos ser bons pais. Amo que ele chuta tanto a barriga da mãe, é como se ele dissesse ‘Ei! Eu tô aqui, hein!’. Amo também que eu sinto que ele já está me deixando uma pessoa melhor, pelas preocupações que passei a ter que não eram tão importantes na minha vida antes”.

Esdras Degaspari

Desenvolvedor na Cora

“Eu já amo o rostinho dela, amo quando ela chuta. (…) Com o isolamento social acabamos não curtindo a gravidez como queríamos (com os familiares, compras de enxoval, etc) mas é muito bom passar os dias ao lado da Lia e da Rebeca. É muito bom poder dar algumas pausas durante o dia para ver e sentir a Rebeca mexer.”

 

Marcelo de Ciccio

Performance e Marketing Digital na Cora

“Amo o coraçãozinho dela. Ouvir a primeira vez me deixou com um sentimento indescritível”.

 

 

Por Equipe Cora

Junte-se a mais de 100.000 negócios e receba conteúdos para alavancar os resultados da sua empresa direto no seu email!

A Conta PJ gratuita e sem burocracia que o seu negócio merece.

Cadastre a sua empresa em menos de 10 minutos e abra uma conta PJ totalmente sem custos. Junte-se a mais de 100.000 empreendedores, economize tempo e dinheiro e foque no que importa: no seu negócio.

5/5

“Excelente app, bem simples e entrega o que promete. Cobrança gratuita de boleto que reduziu bastante os custos na empresa” Guilherme Silva

Recebemos seus dados!

Enviamos um email de confirmação para você. Não esquece de checar a sua caixa de entrada depois! 

Se você quiser, você pode continuar a sua leitura agora.

Já vai? Gostaríamos de oferecer um cafezinho, mas por enquanto, oferecemos uma conta sem burocracia e sem taxas abusivas. Saiba mais e #SejaCora

Título

Descrição